Voltar

Zagueira-artilheira e dona das bolas paradas: “A responsabilidade me torna forte”

Bruna Cotrim, de 21 anos, vem se firmando cada vez mais na equipe leonina

Bruna na comemoração do seu primeiro gol na final da Taça do Nordeste. (Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife)

A Taça Nordeste trouxe para o Sport mais um título e a confirmação de potência regional também no futebol feminino. Mas para uma das atletas essa conquista teve um gosto especial. No Leão desde o ano passado, a zagueira Bruna Cotrim, de apenas 21 anos, deixou dois gols na final, neste último domingo, diante do rival pernambucano Vitória – contra quem o Sport levantou o troféu depois de vencer por 4×0 – e vai fazendo à alcunha que vem construindo de “zagueira-artilheira” da equipe leonina.

“Eu me senti realizada por ter ajudado o time com os gols. No momento foi só felicidade e gratidão. Eu só posso agradecer por estar com essa equipe que tem me ajudado tanto, com minhas companheiras e com todos que fazem o Sport. A final foi um dia mágico para mim. Eu amo este clube, amo este time. Está no sangue já”, enalteceu a atleta, que agora já tem seu segundo título no currículo pelo Sport, tendo conquistado também o Campeonato Pernambucano de 2017.

Com a participação decisiva, ela chegou à marca de 7 gols no Leão, em 30 partidas disputadas. Um número significativo para uma posição defensiva, mas que quer ser ampliado pela dona das bolas paradas da equipe. “Recebo um apoio muito grande do time e todas têm participação nos números que estamos conquistando este ano. Gosto da responsabilidade, ela me torna forte. Se não fosse minhas companheiras, que sempre estiveram e estão do meu lado quando eu preciso, não chegaria aonde cheguei”, explicou.

CAMPEONATO BRASILEIRO
A euforia do título da Taça do Nordeste continua à flor da pele, mas aos poucos o Campeonato Brasileiro já está entrando na pauta leonina e com um desafio pela frente. O Sport enfrenta o líder Corinthians, no próximo dia 8, fora de casa, pela 12ª rodada. s

“Será uma partida muito difícil, mas não impossível. Não é à toa que é o líder do campeonato, mas vamos com toda nossa força para tentar buscar o resultado na casa delas. Quero muito deixar meu gol e ajudar o Sport. Estamos focadas na vitória e o time está fechado”, disse Cotrim.

publicidade
Compartilhar Tweetar