Voltar

Sub-13 do Sport bate Santa Cruz e é campeão da Copa Barros

Leão ficou no 1x1 com o time coral, no tempo regulamentar, e venceu nas penalidades por 7x6. Equipe rubro-negra conquistou o título inédito de forma invicta

Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife.

É campeão! No Clássico das Multidões na Base, o Sub-13 do Sport superou o Santa Cruz e se tornou o campeão da 1ª Copa Barros. No tempo regulamentar, a equipes ficaram no 1×1 e, na cobrança de pênaltis, o Leão bateu o time coral por 7×6 e trouxe o troféu para a Ilha do Retiro. A partida foi realizada na tarde desta quarta-feira (7), no Centro de Treinamento do Unibol, em Paulista – Região Metropolitana do Recife. A equipe rubro-negra, do técnico Romero Júnior, conquistou o título de forma invicta.

O JOGO

Apesar de ser no Sub-13, foi um clássico e uma partida assim sempre tem boas emoções. A qualidade do gramado não favorecia os dois times, mas não faltou entrega da garotada leonina para conseguir abrir o placar. Logo aos três minutos, Cordeiro cobrou escanteio e quase marcou um gol olímpico. Aos nove, Palmares mandou um bom chute que por pouco não parou no fundo das redes. Um minuto depois, Riquelmy acertou a trave. O gol rubro-negro estava bem maduro, mas quem mexeu primeiro no marcador foi o adversário, aos 25 minutos – levando a vantagem para o intervalo.

No segundo tempo o Sport voltou determinado para empatar e conseguiu logo nos primeiros minutos. Aos sete, Kedson foi derrubado na área e o árbitro marcou a penalidade. Riquelmy bateu bem a balançou as redes para o Leão, deixando tudo igual em Paulista.

A etapa complementar seguiu truncada e com poucas chances claras de gol para os dois times. O título seria decidido na cobrança de pênaltis.

PÊNALTIS

Uma disputa muito acirrada. Na série de cinco cobranças, Sport e Santa Cruz não desperdiçaram uma sequer. Pelo Rubro-negro, Palmares, Vitor, Cordeiro, Guilherme e Riquelmy converteram.

Nas cobranças alternadas, mais emoção. O adversário converteu, mas Edilmo também mandou no fundo das redes. Na sétima cobrança do Santa Cruz, brilhou a estrela do goleiro Kawe, que não deixou a bola entrar. Ficou nos pés de Luiz a responsabilidade e ele não desperdiçou. 7×6 no placar e os meninos da Ilha levantaram a taça.

publicidade
CampeãoCopa Barrossanta cruzSportSub-13
Compartilhar Tweetar