Voltar

Sub-13: artilheiro da Copa Barros, Riquelmy sonha com mais conquistas

Atacante marcou 13 gols no torneio, que teve o Sport como campeão invicto. Após empate por 1x1, Leão bateu o Santa Cruz nos pênaltis, por 7x6

Riquelmy tem 13 anos e chegou ao Leão no ano passado. (Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife)

Riquelmy está na Ilha. Achou que o era o argentino? Achou errado! Trata-se do jovem prata da casa do Sport, que está no Sub-13 e foi campeão da 1ª Copa Barros nesta quarta-feira (7), após o Leão empatar com o Santa Cruz no tempo regulamentar, por 1×1, e vencer nos pênaltis por 7×6. O atacante marcou 13 gols, incluindo o da final contra os corais – em uma cobrança de pênalti – e foi o artilheiro do torneio, que os leoninos conquistaram de forma invicta. Aos 13 anos, ele sonha que este tenha sido apenas o primeiro de muitos títulos.

“Me sinto muito feliz por ter sido artilheiro e agora é descansar. Deus me abençoou muito. Agradeço a Ele, ao treinador, comissão e todos os meus companheiros. Conquistar um título com a camisa do Sport é muito emocionante, espero que venham outros”, disse o centroavante, que é natural de Maceió/AL e chegou ao Rubro-negro no ano passado.

Deixando a euforia do título para trás, Riquelmy já mira no torneio Recife Bom de Bola, que reúne equipes tradicionais e de várzea. O Leão entra campo neste sábado (10) e o adversário é bem conhecido. Será o Santa Cruz mais uma vez, agora no Campo do Boqueirão, às 15h, no bairro da Torre – Zona Oeste do Recife. A partida é válida pelas oitavas de final.

“A sensação é muito boa, mas agora é trabalhar para que venham mais conquistas. Teremos um jogo difícil contra o Santa Cruz e vamos procurar melhorar ainda mais nos treinos para vencer novamente. Temos que estar focados e conseguir a vaga para as quartas de final”, completou.

O técnico Romero Júnior pontou as qualidades do atleta e espera que ele seja uma “grande revelação” do Sport. “Riquelmy sabe fazer gols, que é importante para a posição dele – centroavante. Ele aparece, se movimenta bem e sabe aproveitar as oportunidades. A gente acredita muito no potencial dele e esperamos que seja uma grande revelação do Clube”, falou.

DEDICATÓRIA

Riquelmy ainda dedicou o título e o troféu de artilheiro a Deus e aos pais, que sempre estão apoiando sua caminhada como jogador. “Dedico esse título primeiramente a Deus e depois aos meus pais, Ronaldo e Marluce – que me incentivam bastante. Agradeço demais aos dois e esses troféus vão para eles, que amo muito”, destacou.

publicidade
Copa BarrosRiquelmySportSub-13
Compartilhar Tweetar