Voltar

Caiu na Ilha! Sport vence Vasco em partida emocionante

Rubro-negros bateram cruzmaltinos por 2x1, neste sábado, na Ilha. Com o resultado, Leão chegou aos 30 pontos

Rubro-negros são unânimes ao apontar apoio da torcida como fundamental para reação. (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Foi com muito drama e emoção que o Sport conquistou uma importante vitória no Campeonato Brasileiro. Numa partida marcada por polêmicas na arbitragem, o Leão venceu o Vasco por 2×1, com gols de Mateus Gonçalves e Cláudio Winck, neste sábado (20), na Ilha do Retiro.

Com o resultado, o time rubro-negro chegou aos 30 pontos na competição, ainda na 19ª colocação. No próximo sábado, o adversário será o Grêmio, em Porto Alegre, pela 31ª rodada.

O JOGO
Superior no primeiro tempo, o Sport foi castigado com um gol de empate do Vasco, próximo à chegada do intervalo. Antes disso, o Leão já havia carimbado o travessão numa cabeçada de Michel Bastos, aos 16, e assustado num chute forte de Hernane, além do grande volume de jogo, sem sofrer perigo nas investidas vascaínas.

Aos 26, saiu o primeiro gol. Um golaço, por sinal, marcado por Mateus Gonçalves, que limpou bonito o defensor e, da entrada da área, chutou no ângulo do goleiro. Aos 38, no entanto, o time carioca acabou empatando com Fabrício, num dos poucos ataques da sua equipe. No lande, o atleta vascaíno estava impedido.

Mas a equipe rubro-negra não se abateu no segundo tempo. Mesmo sem conseguir o mesmo ímpeto da etapa inicial, o Leão continuou tentando. Depois de criar pelo menos duas boas oportunidades, o time do técnico Milton Mendes voltou a ficar na frente do placar, aos 22 minutos.

Numa jogada curiosa, de lateral para lateral, Sander cruzou e Cláudio Winck cabeceou firme para balançar as redes e levantar a Ilha do Retiro. Logo em seguida, numa troca de passes com Rogério, o próprio Winck quase marca o seu segundo na partida.

Aos 34, Andrigo voltou a fazer a Ilha incendiar, após assistência de Winck. Porém, depois de bastante tempo, o juiz ouviu o auxiliar e anulou o gol, assinalando um impedimento bastante duvidoso. Uma ducha de água fria para a torcida leonina, que comemorava bastante.

Nos minutos finais, mais emoção para os rubro-negros. Num contra-ataque rápido, Gabriel foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, no entanto, o goleiro alvinegro impediu o gol do próprio Gabriel. Ainda nos acréscimos, o Vasco ainda tentou assustar, mas os leoninos mostraram muita garra na defesa para manter o resultado.

publicidade
Cláudio WinckMateusMilton MendesSport 2x1 Vasco
Compartilhar Tweetar