Voltar

Sport larga no Brasileirão com derrota no Independência

Rubro-negros foram superados pelo América-MG por 3x0, neste domingo, em Belo Horizonte

Rubro-negros tiveram uma atuação irreconhecível no primeiro tempo em Belo Horizonte. (Foto: Mourão Panda/América-MG)

Com várias caras novas em campo, o Sport esbarrou na falta de entrosamento do time, fez um primeiro tempo irreconhecível e acabou derrotado na estreia do Brasileirão. Os rubro-negros foram superados pelo América-MG por 3×0, neste domingo (15), na Arena Independência, em Belo Horizonte. O próximo compromisso do Leão é no dia 23, contra o Botafogo, na Ilha do Retiro.

A PARTIDA

Foi um primeiro tempo em que quase nada funcionou para o Sport – nem na defesa e nem no ataque. O placar de 3×0 para os mineiros na decida para o intervalo foi o retrato exato disso. Uma desvantagem construída a partir dos 44 segundos, quando o Coelho abriu o placar com Serginho, de cabeça.

Mesmo com a vantagem, os mineiros continuaram em cima, pressionando a saída de bola rubro-negra e atuando em velocidade pelos lados do campo. Foram recompensados aos 38 minutos, quando Carlinhos aproveitou uma “batida de cabeça” da defesa do Sport para ampliar: 2×0. Antes do fim da etapa, aos 41, Serginho fez boa jogada individual e marcou o terceiro.

O Sport voltou para o segundo tempo com duas mudanças (Gabriel e Sander entraram nos lugares de Ferreira e Cláudio Winck, nessa ordem) e uma nova postura. Tanto que, com apenas três minutos, o goleiro do Coelho foi obrigado a fazer duas belas defesas em sequência. Primeiro em um chute de Marlone, depois em um disparo à queima-roupa de Andrigo.

O Sport continuou sendo mais perigoso no segundo tempo inteiro. Fellipe Bastos, Marlone e Gabriel tiveram chances de, ao menos, diminuir o placar. Só que os dois primeiros esbarraram no camisa 1 do Coelho, enquanto o último assuntou em chute rente à trave direita. Ficou nisso: derrota na estreia.

FICHA DA PARTIDA

Sport: Agenor; Cláudio Winck (Sander), Ernando, Leo Ortiz e Raul Prata; Ferreira (Gabriel), Anselmo e Fellipe Bastos (Everton Felipe); Marlone, Andrigo e Hygor. Técnico: Nelsinho Baptista.

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte.
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF).
Assistentes: Daniel Henrique e Ciro Chaban (ambos do DF).
Gols: Serginho, aos 44 segundos e 41 minutos do 1º tempo; Carlinhos, aos 38 do 1º;
Cartões amarelos: Cláudio Winck, Leo Ortiz e Marlone (S).

publicidade
América/MGBrasileirãoEstreiaindependênciaSport
Compartilhar Tweetar