Voltar

Sport empata na estreia do Brasileirão de Aspirantes

Mostrando muita raça, time leonino ficou no 0x0 contra o Santa Cruz, nesta quinta-feira (7), na Ilha do Retiro

Sub-23 do Sport também enfrentou a falta de entrosamento. Elenco foi montado recentemente. (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Faltou técnica, mas sobrou raça. É assim que podemos definir a estreia do Sport no Campeonato Brasileiro de Aspirantes 2018. O Leão ficou no empate por 0x0, no clássico contra o Santa Cruz, na noite desta quinta-feira (7), na Ilha do Retiro. Com o resultado, o Sub-23 rubro-negro somou o primeiro ponto no torneio.

O próximo desafio do Sport no Brasileirão dos “aspiras” será no dia 27 de junho, quando enfrenta o Internacional, às 21h15, fora de casa. O local do duelo ainda será definido.

O JOGO

Formada há apenas algumas semanas, a equipe Sub-23 do Sport teve de superar o desentrosamento dentro das quatro linhas. No entanto, o time do técnico Júnior Câmara teve a entrega necessária para conseguir, na base da superação, desempenhar um futebol aceitável para um grupo que ainda está se conhecendo. Jogando em casa, o Leão propôs o jogo nos primeiros minutos do primeiro tempo, conseguindo criar algumas jogadas interessantes, mas sem muito perigo para o adversário. O mesmo aconteceu do outro lado, com o Santa oferecendo quase nenhum contratempo para os rubro-negros.

A equipe tricolor também tem sua categoria recém-formada, contribuindo para que a partida fosse de baixa qualidade técnica. Era um clássico, mas entre dois times ainda sem o entrosamento ideal. Alguns passes mal feitos e chutes errados fizeram parte do cenário. Normal. Na segunda parte do primeiro tempo o adversário se soltou um pouco mais e criou algumas chances que levaram certo perigo para o goleiro Lucas, mas ficou só no susto. Por outro lado, os garotos rubro-negros procuravam tocar a bola e chegar ao ataque com organização, mas esbarravam nos aspectos já citados. A melhor chance da primeira etapa foi uma cobrança de falta de Eudair para o Leão, por cima.

No segundo tempo, o desafio para superar a falta de entrosamento continuou. Mas não faltou empenho dos meninos da Ilha para produzir da melhor maneira possível. Aos 22 minutos, uma boa troca de passes na entrada da área quase resultou na abertura do placar. Aos 24, o time coral mandou uma bola trave. Com estes dois lances, a partida começou a ficar mais movimentada e ganhou tons mais emocionantes. Três minutos depois, a bola sobrou para Índio, que mandou uma bomba de dentro da área. O goleiro espalmou para escanteio.

A vitória não veio, mas ficou a impressão de que o Sub-23 do Sport pode evoluir bastante nesta temporada, que ainda irá contar com a Série A2 do Pernambucano. Vale destacar a raça dos atletas em campo, que mesmo diante das dificuldades lutaram os 90 minutos.

Aspirantessanta cruzSportSub-23
Compartilhar Tweetar