Voltar

Nelsinho analisa vitória e fala sobre montagem do grupo

Treinador aproveitou a partida com o Salgueiro para dar ritmo aos jogadores e observar atletas da base

“O Pablo me chamou a atenção. Lembra muito o biotipo de Leonardo”, disse Nelsinho (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

O técnico Nelsinho Baptista analisou a vitória do Sport sobre o Salgueiro, por 3×0, na disputa pelo terceiro lugar do Pernambucano. Segundo o treinador, o jogo foi utilizado para dar ritmo aos atletas e ajustar a preparação da equipe, assim como para observar alguns jogadores da base do Clube, como Pablo Pardal, autor de dois gols.

“Nós tivemos um ritmo de jogo bom, conseguimos nos impor, fazer uma marcação adiantada. No primeiro tempo criamos oportunidades mas a finalização não saiu da forma esperada. No segundo, o time continuou com um bom ritmo e fez os gols”, disse Baptista, revelando também ter procurado motivar o grupo durante a semana para o jogo.

O “professor” falou também sobre a chance dada aos jovens da base. “Tiveram jogadores novos com a gente, trabalharam bem nos treinos. O Pablo me chamou a atenção. Lembra muito o biotipo de Leonardo. Procuramos ajudá-lo em campo, encostamos o Gabriel nele, para deixar ele sempre com apoio. Os outros entraram pouco, mas mostraram que têm qualidade, só precisam ser lapidados”, afirmou.

BRASILEIRÃO

Já com foco no Brasileirão, o técnico Nelsinho Baptista foi bastante questionado sobre a montagem do grupo para a principal competição no país, que para o Sport se inicia no próximo dia 15, contra o América/MG, em Belo Horizonte.

“Todos os jogadores que estão chegando foram observados, não foram indicados. Nós observamos bastante os Estaduais, tiramos informações com profissionais que trabalharam com os atletas. São jogadores que não tiveram um grande destaque no futebol brasileiro ainda, mas estão vindo nesse caminho”, falou.

publicidade
BrasileirãolNelsinho BaptistaPardalpernambucanoSport 3x0 Salgueiro
Compartilhar Tweetar