Voltar

Milton promove coletivo e pede para que campo seja molhado

Intenção do técnico foi deixar local de treinamento o mais semelhante possível com o gramado da Arena da Baixada

Adryelson está na briga por uma vaga na zaga rubro-negra (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Sabedor das dificuldades que os jogadores do Sport Club do Recife poderão encontrar por conta do gramado sintético onde acontecerá a partida contra o Atlético-PR, próximo domingo, às 19h, na Arena da Baixada, o técnico Milton Mendes encontrou uma saída para amenizar o “problema”. O treinador pediu para que o sistema de irrigação do campo 2 fosse ligado por alguns minutos durante o trabalho matinal. O gramado molhado faz com que a bola corra mais e se assemelhe ao tipo de terreno sintético que os atletas encontrarão no Paraná.

Ainda com o sistema a todo vapor, Milton realizou um trabalho de adaptação dos atletas para, em seguida, deixar a bola rolar em definitivo. O treinador utilizou todo o campo para realizar um coletivo. O time que deverá entrar em campo contra o rubro-negro paranaense foi formado por Magrão; Raul Prata, Ernando, Adryelson e Evandro; Marcão, Fellipe Bastos e Marlone; Gabriel, Mateus Gonçalves e Michel Bastos.

No “segundo tempo” do treino o treinador fez algumas alterações. Ele promoveu a entrada de Hernane Brocador e Neto Moura nas vagas de Marlone e Gabriel, respectivamente.

Mesmo com boa parte de o treino contar com a bola rolando, o treinador parou várias vezes o trabalho para a realização e jogadas de bolas paradas, principalmente a formação defensiva da equipe em escanteios.

 

Reforço

 

Milton Mendes ainda poderá contar com o retorno de Ronaldo Alves para a briga de uma das vagas da zaga do Leão. O defensor não treinou na última terça-feira por conta de um problema na coxa esquerda. O atleta realizou um exame de imagem que não detectou qualquer lesão. Com isso, Alves voltará aos treinos normalmente já na próxima quinta-feira.

publicidade
coletivoMilton MendesSport
Compartilhar Tweetar