Voltar

Leão perde um pênalti e fica com o segundo lugar no PE sub-17

Empatando sem gols nos jogos de ida e volta, o Leão perdeu uma das penalidades e ficou com a prata

(Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife)

Depois de empatar com o Náutico no jogo da ida, na Ilha do Retiro, por 0x0, o sub-17 do Leão passou por outro empate sem gols pela decisão do Campeonato Pernambucano da categoria. Decidindo nos pênaltis,  os rubro-negros foram vice-campeões estaduais, nesta quarta-feira (21), no estádio Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho, depois de perder por 5×4 nas penalidades.

O JOGO
O tempo normal ter terminado em 0x0 refletiu exatamente como foi o equilíbrio da partida. As duas equipes, que chegaram à final com boas campanhas, passaram a partida tentando entrar na defesa adversária, mas sem sucesso. Com setores bem entrosados, Sport e Náutico fizeram mais o jogo do meio de campo, tentando trocar passes e avançar aos poucos. Na segunda etapa, os alvirrubros ainda balançaram as redes, aos 23 minutos, mas o bandeirinha assinalou o impedimento. O Leão também teve boas chances e, aos 32, o zagueiro do Náutico foi forçado a tirar uma bola na linha.

Para as cobranças de pênalti, a ansiedade acaba sendo maior, ainda mais decidindo o troféu. O primeiro batedor foi o rubro-negro Ítalo, que converteu. O Náutico empatou em seguida. O leonino Deyvson perdeu para o Leão e os alvirrubros ficaram na frente com mais uma penalidade bem batida. Em seguida, os dois times converteram os placares (gols rubro-negros de Matheus e Pedro Lucas), mas o time da Rosa e Silva levou a melhor.

publicidade
campeonato pernambucanonáuticoSub-17
Compartilhar Tweetar