Voltar

Hóquei: “A gente foi na vontade e isso é o Sport”, disse Bruno Matos

Com mais um título na conta, técnico-jogador se aproxima de aposentadoria

Por Carolina Fonsêca

 

O ano de 2018 começou com clima de despedida para Bruno Matos, técnico e jogador do time de hóquei do Sport. Ele decidiu que esta deve ser sua última temporada como atleta, mas antes de pendurar os patins gostaria de conquistar mais um Campeonato Brasileiro com o Leão. Missão cumprida. “Fica mais fácil…chegar no final e parar da melhor maneira possível”, disse após a vitória sobre o Sertãozinho, na noite do último sábado (9), que garantiu o sexto título brasileiro aos rubro-negros.

Leia Mais:

Sport conquista sexto título de campeão brasileiro de hóquei

Bruno tem 36 anos e está no hóquei há 32. Exerce as funções de técnico e jogador há seis anos. Com mais um título Brasileiro na conta, a aposentadoria das quadras se aproxima. “Fica bem mais fácil de cumprir com o prometido de chegar no final do ano e parar da melhor maneira possível. Fechar minha trajetória no hóquei, no Sport da melhor maneira”, afirmou.

A caminhada até a final foi difícil, mas o Sport saiu invicto e com a taça. Um campeonato nivelado, como o treinador-atleta já esperava. “Falei no início da competição que seria um campeonato bem nivelado e está aí o Sertãozinho para provar. Ficou em quarto lugar (na primeira fase), chegou na final e deu muito trabalho para a gente”, disse.

Analisando a final, ainda como técnico e jogador, Matos deu destaque ao “peso da camisa” da equipe paulista, detentora de 20 títulos nacionais. “Quando começa o jogo, que o juiz apita, a camisa deles pesa. Nós chegamos no sexto título agora, eles têm experiência nisso. A gente foi crescendo durante a competição. Estou satisfeito com meus atletas que deram tudo, quando não deu na técnica a gente foi na vontade e isso é o Sport”, acrescentou.

Mas a temporada ainda não acabou, ainda dá pra garantir mais uma taça e pendurar os patins em grande estilo. “Por mais que o Brasileiro seja a principal competição da gente esse ano, ainda tem o Pernambucano para a gente ganhar e defender o título do ano passado, ser bicampeão e em dezembro pendurar os patins”, explicou.

MULTICAMPEÃO

Bruno iniciou no hóquei do Sport ainda criança, aos cinco anos de idade. Cresceu e amadureceu na modalidade, jogou alguns anos na Europa e retornou à Ilha do Retiro. “Aqui fui campeão brasileiro infantil, juvenil e adulto, conquistei um Sul-Americano, em 2012, na Argentina e vários Pernambucanos”, contou o dono de um currículo repleto de títulos, inclusive os Brasileiros de 2010, 2013, 2014 e 2018.

bruno matosCampeão Brasileiro de Hóqueihóquei sobre patins
Compartilhar Tweetar