Voltar

Futebol 7: no México, Leão vai em busca do bicampeonato mundial

Rubro-negros descartam favoritismo e seguem focados na briga por mais um título no Mundial de Clubes

Entre os dias 18 e 22 de abril o Sport disputará o Mundial de Clubes Futebol 7, no México (Foto: Federação Pernambucana de Futebol 7 Society/Divulgação)
Por Carolina Fonsêca

 

O Sport vai em busca do título de bicampeão mundial de Futebol 7. O Mundial de Clubes 2018 será realizado em Cancún, no México, a partir do próximo dia 18, e conta com 12 equipes de diversas partes do mundo. Mesmo sendo o atual campeão do torneio, o Leão descarta o papel de favorito na briga pela taça.

A equipe rubro-negra não é a única brasileira no torneio. O Manaus/Área Verde é o segundo representante do Brasil na competição. Além deles, completam a tabela: o San Antonio e o Los Osos do Peru, Real Jalisco, Xolos Jalisco e RCD Cancun do México, o Boca 7 da Argentina, Puntarenos da Espanha, RCH do Equador, United Nova do Canadá e o Mambo Sieben da França.

Leia Mais 

Futsal: Pipa e a missão de formar atletas para o Sport

Atleta rubro-negro é convocado para a Seleção Brasileira de Handebol

A delegação que viajará para o Mundial tem algumas mudanças em relação a do ano passado e até de alguns jogos mais recentes. Inclusive na comissão técnica. O técnico que acompanha a equipe no dia a dia é Kadu Lins, mas ele não poderá viajar para Cancún. A missão de treinador será confiada a Marcos Troco, um dos diretores da modalidade.

Mesmo ficando no Brasil, Kadu está atento ao desempenho da sua equipe e na expectativa para o campeonato. “Hoje somos uma equipe que toma poucos gols, nosso setor defensivo é muito forte. Espero que possamos, com inteligência, enfrentar todas as equipes de igual para igual e conseguir sair com vitória em todos os jogos. Brinquei com os jogadores que todos vão querer ganhar da gente e precisamos usar isso a nosso favor”, contou.

Com a responsabilidade de ser o treinador in loco, Troco está atento para que o fator favoritismo não atrapalhe o desempenho dos rubro-negros. “Nós trabalhamos muito forte esse aspecto desde que decidimos ir para o Mundial. Começamos a intensificar os treinos tanto na parte física quanto com bola. Quando entramos em campo, o favoritismo é esquecido. Até porque estamos indo com um time diferente do ano passado, mas igualmente forte. O entrosamento pode complicar um pouco”, ressaltou.

A estreia do Sport será nesta quarta-feira (18), às 13h (horário do Recife), contra a equipe do San Antonio. A partida terá transmissão ao vivo na página da International Football Association 7 no Facebook.

RELACIONADOS

A delegação rubro-negra conta 16 atletas, o treinador e o preparador físico, que também exercerá a função de assistente-técnico. São eles:

Enrique – Goleiro
Popo – Goleiro
Romulo – Goleiro
Biel – Zagueiro
Lúcio – Zagueiro
Alecio – Zagueiro
Atcha – Meia
Maia – Meia
Dr – Meia
Jonnes – Meia
Fabinho – Meia
Mathaus – Meia
Bigodinho – Meia
Xandico – Pivô
Léo – Pivô
Major – Pivô

Marcos Troco – Treinador
Arthur – Preparador Físico e Assistente-técnico

 

publicidade
fut7futebol 7mundial de clubesSport
Compartilhar Tweetar