Voltar

Final: Sport encara Náutico em busca do tri no PE Sub-17

Leão e Timbu ficaram no 0x0, no jogo de ida, na Ilha do Retiro. Decisão será nesta quarta-feira (21), às 15h, no estádio Gileno de Carli

Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife.

Após conquistar a 1ª Copa Barros com o Sub-13 e o pentacampeonato pernambucano com o Sub-15, a Base do Sport Club do Recife vai em busca de mais um título em 2018. Nesta quarta-feira (21), o Sub-17 rubro-negro entra em campo para o segundo jogo da final do Estadual, no Clássico dos Clássicos contra o Náutico. O duelo está marcado para às 15h, no estádio Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho – Região Metropolitana do Recife. A equipe rubro-negra briga pelo tricampeonato e a entrada para acompanhar a decisão é gratuita.

No primeiro embate, no mês passado, Leão e Timbu ficaram no 0x0, na Ilha do Retiro. Ciente das dificuldades, o técnico Sued Lima espera um jogo duro, mas confia no potencial do seu time. “Será um jogo muito disputado, ainda mais por se tratar de um clássico. Isso mexe um pouco com os atletas e a responsabilidade aumenta. Tivemos muito tempo para treinar e corrigir alguns erros. Vamos para essa decisão preparados e espero que nossa equipe faça uma boa partida. Queremos conquistar o tricampeonato e trazer mais um troféu para a Ilha do Retiro”, disse o treinador.

Sued ainda não revelou a escalação para a finalíssima, mas adiantou que irá com o eu tiver de melhor para encarar o time alvirrubro. “Ainda não definimos a equipe, mas o intuito é com o melhor que temos. Vamos com tudo. Logicamente respeitamos o adversário, mas sabemos também das nossas qualidades. Estará em campo o melhor time que a gente possa montar”, enfatizou.

Com o acesso gratuito para a torcida acompanhar a final, Sued Lima comentou ainda a importância de a massa rubro-negra apoiar os meninos em um jogo tão importante. “Os garotos ficam mais motivados com a presença da torcida. Sei que não iremos jogar no Recife, mas tenho certeza que existem torcedores do Sport em todas as cidades. No Cabo não é diferente. Espero que o torcedor compareça e nos incentive. Isso faz muita diferença”, concluiu.

ARBITRAGEM

O pernambucano Hugo Soares Dias Figueirêdo apita o jogo, sendo auxiliado pelos conterrâneos Max Aurélio de Medeiros e Gustavo Lins Pereira.

publicidade
finalnáuticopernambucanoSportSub-17
Compartilhar Tweetar