Voltar

Do futsal ao futebol: otimizando a formação de atletas do Leão

Conectados, os departamentos de Base e de Futsal antecipam adaptação de atletas do Sub-9 e Sub-11

A comunicação entre quadra e campo é primordial. (Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife)

Exercendo seu papel de Clube Formador, o Sport trabalha as categorias de base do futebol a partir do Sub-13. O Leão, porém, também tem força no futsal, com equipes que vão do Sub-7 ao Sub-20. A modalidade que em quase tudo se assemelha ao futebol, tem papel importante nessa missão de formar jogadores. Unindo forças do campo e da quadra, o Clube já trabalha uma transição dos atletas do futsal para o futebol. Durante alguns anos, a passagem da quadra para o campo começava apenas na categoria Sub-13, mas uma mudança nesse processo vem para somar.

Otimizando a estrutura do Clube, apostando em boa comunicação entre os departamentos de futsal e do futebol de base e alinhando um trabalho focado em melhorar o rendimento dos atletas do Sport, as equipes Sub-9 e Sub-11 do Leão agora treinam duas vezes por semana também no campo, além dos treinamentos do futsal.

“Alguns meninos que são muito bons no futsal, às vezes só vão ter chance aos 12 ou 13 anos no campo. Da quadra para o campo muda muita coisa. Outro terreno, outra bola, outra disposição tática e fazer essa transição mais cedo ajuda a descobrir e trabalhar melhor o posicionamento do atleta em campo, que não necessariamente é o mesmo no futsal”. Foi o que explicou Rodésio Fonsêca Júnior, conselheiro do Sport, idealizador do projeto e responsável pela comunicação com o departamento de base.

CONTATO CONSTANTE ENTRE FUTSAL E FUTEBOL

Uma conexão entre os profissionais é fundamental para que os treinadores repassem a filosofia do campo para o os do futsal. Um fluxo que funciona com muito diálogo. Felipe Pipa, treinador do futsal e Rodrigo Dias, coordenador da base, trocam informações importantes para que seja mantido um padrão na transição.

“O futsal dá uma grande parcela de contribuição para o início do processo de formação do futebol. Além de desenvolver uma rápida tomada de decisão devido às pequenas dimensões da quadra, trabalha a parte cognitiva e facilita que o atleta tenha mais ações técnicas comparado ao campo. Ao identificar que poderíamos melhorar essa transição, definimos em conjunto iniciar esses dois dias de treinamento para as equipes Sub-9 e Sub-11 do futsal, respeitando as características e desenvolvimento de cada faixa etária” explicou Rodrigo.

Iniciando a passagem um pouco mais cedo, a adaptação do atleta acontece de forma mais rápida e dá mais oportunidades. “Esses treinamentos têm como objetivo o início da adaptação ao terreno do jogo, ao tipo de calçado, de bola, espaço de jogo e número de atletas. Após um início assim, é interessante para o atleta começar a vivenciar diferentes posições e aos poucos descobrir a qual melhor se adapta”, acrescentou Rodrigo.

Categoria de BaseClube Formadorfutebolfutsal
Compartilhar Tweetar