Voltar

Após 1 ano de cirurgia no ombro, Thaynara volta aos campos

A goleira voltou a ser relacionada no último dia 28, diante do Kindermann, depois de lesão em julho do ano passado

(Foto: Anderson Freire/Sport Club do Recife)

Expectativa, confiança e apoio: esses foram os passos da goleira Thaynara, que sofreu uma luxação no ombro direito em julho do ano passado – fazendo sua cirurgia em fevereiro deste ano – até chegar à recuperação completa um ano depois. Foram meses de cuidado e espera, mas a recompensa chegou no último dia 28, quando ela viu seu nome entre as relacionadas para a partida diante do Kindermann, pelo Campeonato Brasileiro. Segunda goleira da equipe, Thaynara não renovou apenas suas energias para o restante da temporada, como de toda equipe, e agora olha para trás com orgulho do seu percurso.

“O momento mais difícil não foi nem a recuperação em si, mas a angústia e a vontade de operar para poder voltar a jogar. A recuperação foi tranquila pois tive acompanhamento de grandes profissionais e tive paciência e calma para esperar as coisas acontecerem no tempo certo”, explicou Thaynara.

Tendo a Ilha do Retiro como sua “primeira casa”, uma vez que a capixaba mora no alojamento rubro-negro, ela teve apoio das suas colegas – e quase familiares – nessa caminhada. “As meninas sempre estiveram do meu lado, me apoiando, me dando força. Eu sentia que tinha confiança e tinha um ombro amigo para conversar nesse tempo que fiquei parada. Elas foram essenciais. Minha família também foi muito importante… todos estiveram torcendo para eu voltar o mais rápido possível e com saúde”, enalteceu.

A SENSAÇÃO DA VOLTA

Foi diante do Kindermann, com mando de campo rubro-negro em Chã Grande, que a goleira voltou para a lista do treinador Jonas Urias. As Leoas saíram com um empate por 0x0, mas para Thaynara uma vitória já estava garantida.

“Eu particularmente não sabia que ia ser relacionada. É uma sensação muito boa, parece que eu tinha meus 14 anos, quando comecei a jogar profissionalmente. É uma sensação de alívio, de dever cumprido por ter me dedicado bastante para a recuperação. É uma felicidade muito grande vestir a camisa do Sport”, disse.

REFORÇO PARA A EQUIPE

Além de todo o quesito emocional da volta da goleira, a equipe ganha com seu reforço técnico. “Thay é uma das jogadoras mais talentosas de nosso elenco e fez muita falta enquanto estava se recuperando. A presença dela eleva o nível competitiva da equipe, além de transmitir um espírito guerreiro ao elenco. Agora ela tem mais um novo desafio, que é retomar o ritmo de jogo, mas que temos certeza que ela estará pronta em breve”, disse Jonas.

publicidade
Campeonato BrasileiroFutebol FemininoLeoas
Compartilhar Tweetar