Voltar

Com promessa de Ilha lotada, Sport encara o Ceará podendo deixar Z-4

Partida será disputada nesta segunda-feira (5), às 19h, na Ilha, no encerramento da 32ª rodada do Brasileirão

Com apoio da torcida, rubro-negros vão em busca da terceira vitória consecutiva no Brasileirão. (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

O Sport pode deixar a zona do rebaixamento em caso de vitória nesta segunda-feira (5), quando recebe o Ceará, às 19h, na Ilha do Retiro, no encerramento da 32ª rodada do Brasileirão. Embalados por dois triunfos consecutivos, os rubro-negros apostam em um reforço pra lá de importante: o torcedor. É que a promessa é de casa cheia. Mais de 20 mil ingressos foram comercializados de forma antecipada.

“Espero que o torcedor possa ir em massa mesmo, lotar a Ilha, e possa estar empurrando e apoiando a equipe cada vez mais. Segunda-feira não é jogo de seis pontos, é de nove”, disse o volante Marcão. “Quando vai iniciar o jogo e você escuta a torcida apoiando e cantando, todo mundo dá um algo a mais. Espero que nesse jogo a torcida faça uma festa ainda mais bonita”, completou.

Para essa partida, a intenção do técnico Milton Mendes era repetir pela terceira vez consecutiva o time titular. No entanto, os planos do comandante acabaram frustrados pela contusão do lateral-esquerdo Sander. O camisa 56 sofreu um entorse no tornozelo esquerdo no confronto ante o Grêmio e não se recuperou a tempo de encarar os cearenses. Seu substituto será Raul Prata, lateral-direito que vai atuar improvisado.

“É um jogo importante para nós. Teoricamente um confronto direto. Todos imbuídos num pensamento positivo, direcionados para um objetivo maior. Sabendo que do outro lado tem uma equipe boa, bem treinada e temos que ter alguns cuidados. Nossa força está em buscar a vitória”, afirmou Milton, que não terá no banco de reservas o meia Marlone, outro vetado pelo Departamento Médico. O camisa 10 teve um trauma no pé direito.

O elenco rubro-negro chega ao confronto com o Ceará embalado por duas vitórias consecutivas: Vasco em casa e Grêmio fora. Os resultados devolveram confiança aos atletas. “O time passa a ter mais coragem para arriscar, para colocar em campo aquilo que o professor pede. Temos que continuar lutando, porque estamos no caminho certo”, disse o meia Gabriel.

A partida entre Sport e Ceará terá no comando da arbitragem o gaúcho Anderson Daronco. Ele será assistido pelo paulista Marcelo Carvalho Van Gesse e o gaúcho Rafael da Silva Alves.

publicidade
BrasileirãoCearáSport
Compartilhar Tweetar