Voltar

Na Ilha quem manda é o Leão! Sport vence partida e deixa o Z-4

Com a vitória o Leão assume a 16a colocação e só depende de si para permanecer na elite do futebol brasileiro

(Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Depois de permanecer 11 rodadas na zona de rebaixamento o Sport Club do Recife finalmente pode respirar um pouco mais aliviado. A vitória em cima do Ceará, por 1 a 0, gol de Gabriel, na noite desta segunda-feira, fechando a rodada 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, fez com que o Leão da Ilha do Retiro saltasse da vice-lanterna para 16ª posição. Uma vitória que adveio da força da torcida leonina que incentivou os atletas durante toda a partida. Com a conquista, o Sport Club do Recife só depende de si para permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro. O Leão voltará a atuar no próximo domingo, às 18h (horário de Recife), contra o Fluminense, no Maracanã.

Precisando conquistar pelo menos um ponto para sair da zona de rebaixamento, o Leão começou o jogo pressionando o adversário. Logo aos dois minutos, Hernane recebe cruzamento, sobe pressionado com a zaga do Ceará, e cabeceia para fora. Oito minutos depois, uma triangulação entre Michel Bastos, Cláudio Winck e Gabriel, este último desferiu uma bomba que ia para o ângulo do goleiro Éverton que faz ótima defesa.

O primeiro ataque perigoso dos cearenses saiu dos pés de Leandro Carvalho. O atacante chutou rasteiro da esquerda para a direita. Maílson faz defesa em dois tempos. Mesmo com a jogada, o time visitante continuou com sua postura defensiva, tentando jogar em cima do erro do Leão.

Aos 42 a equipe visitante chega com perigo na meta do Sport. Arthur recebe a bola e parte para cima dos defensores rubro-negros. O atacante bate cruzado, com veneno, e Maílson espalma para escanteio. Este foi o último lance de perigo da partida.

No segundo tempo o Leão começou rugindo mais alto. Logo aos sete minutos, Mateus Gonçalves partiu para cima da defesa do Ceará. A bola sobrou para Hernane Brocador que ainda toca na bola para uma defesa incrível do goleiro Éverson. A bola sobra para Gabriel completar meio que de letra e mandar o fundo das redes. Era o gol que tirava o rubro-negro da zona de rebaixamento.

Aos 20, Lisca promove a entrada de dois jogadores. O treinador do Ceará tira o volante Pedro Ken e promove a entrada do atacante Felipe Azevedo. O comandante alvinegro também mexe no meio de campo. O meio campista Calyson deu vaga ao companheiro de posição Cardona.

Com as substituições o adversário começou a pressionar o Sport. O rubro-negro, bem postado em sua defesa, conseguia anular as jogadas do Ceará. Percebendo o crescimento do Ceará, o técnico Milton Mendes tira o atacante Hernane  para a entrada do também atacante Rogério.

Logo em seguida, um dos destaques do jogo, o atacante Gabriel, sinalizou para o banco de reservas pedindo para ser substituído. Milton Mendes promove a entrada do volante Felipe Bastos no intuito de dar poder de marcação no  meio de campo do Leão.

O jogo de xadrez dos treinadores continuou aos 35. Partindo para o tudo ou nada, o técnico Lista tira o meia Ricardinho e sinaliza a entrada do atacante Éder Luis. Era a última cartada do comandante do Ceará.

Depois do gol, o Sport passou a atuar na base dos contra-ataques. O Ceará passou a pressionar ainda mais o Leão. Milton Mendes decide, então, fechar de vez o Leão, aos 43. Raul Prata deixa a partida para a entrada do zagueiro Ronaldo Alves.

Nos acréscimos, o Leão teve uma boa oportunidade de matar de vez a partida. Após um ótimo passe de Michel Bastos, Mateus Gonçalves parte para cima da defesa alvinegra, mas não consegue passar pelo zagueiro Luis Otávio. A pressão permaneceu até o apito final do juiz, mas o Leão segurou as investidas do Ceará e conquistou três preciosos pontos.

 

Ficha do Jogo

 

Sport: Maílson, Cláudio Winck, Ernando, Adryelson e Raul Prata (Ronaldo Alves); Marcão, Jair e Michel Bastos ; Mateus Gonçalves, Gabriel (Fellipe Bastos) e Hernane Brocador (Rogério). Técnico: Milton Mendes

 

Ceará: Éverson; Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Juninho, Pedro Ken (Felipe Azevedo) e Ricardinho (Éder Luis); Calyson (Cardona), Arthur e Leandro Carvalho. Técnico: Lisca.

 

Cartão Amarelo: Ernando (Sport), Pedro Ken (Ceará), Marcão (Sport) e Leandro Carvalho (Ceará)

Gols: Gabriel (Sport)

publicidade
GabrielIlha do RetiroVitória
Compartilhar Tweetar