Voltar

Claudinei Oliveira comemora segunda vitória no Leão

Técnico voltou a elogiar o desempenho e a dedicação dos jogadores rubro-negros na vitória sobre o Bahia, por 2x0

“Tenho que agradecer aos atletas pelo empenho em fazer o que a gente pede. Não é fácil”, disse o treinador leonino (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

O técnico Claudinei Oliveira comemorou bastante a segunda vitória no seu segundo jogo no comando do Sport, o primeiro diante do torcedor rubro-negro, na Ilha do Retiro. O treinador leonino voltou a elogiar o desempenho e a dedicação dos jogadores, e classificou o resultado da partida como justo. O Leão venceu o Bahia por 2×0, na Ilha do Retiro, pela quarta rodada do Brasileirão.

“Nosso início de jogo não foi tão bom. Até porque é um trabalho de onze dias, a gente está mudando algumas coisas e os jogadores vão entendendo. Já o Bahia tem um trabalho de longo tempo”, afirmou Claudinei. “Tivemos alguns passes errados mas os jogadores se dedicaram. A partir dos 25 minutos a gente se encontrou mais, acertou passes e teve uma transição de qualidade”, emendou.

Para o treinador leonino, a expulsão de Ítalo, do Bahia, deu mais tranquilidade à equipe para “rodar a bola”. “Por pouco não ampliamos. O resultado foi justo, inquestionável. O Sport teve uma atuação muito boa, e tenho que agradecer aos atletas pelo empenho em fazer o que a gente pede. Não é fácil. É bom a gente ver agora os jogadores felizes nos vestiários”, falou.

DESFALQUES

Claudinei evitou falar sobre a ausência de Andrigo e Raul Prata e elogiou as atuações dos substitutos, Gabriel e Cláudio Winck, que marcou o segundo gol rubro-negro.

“Não gosto muito de ficar lamentando as ausências, prefiro dar moral a quem vai jogar. O Winck já jogou nas Seleções de base, Internacional, Chapecoense e o Gabriel tenho nem o que falar. Fico feliz que os jogadores que entraram foram muito bem”, disse Oliveira.

publicidade
Bahiaclaudinei oliveiraSporttécnico
Compartilhar Tweetar