Voltar

Campeão, técnico do Sub-15 projeta atletas mais maduros

Rafael Santiago comandou a garotada do Sport na conquista inédita da Copa 2 de Julho, na Bahia. Treinador também foi premiado

Treinador recebeu o troféu “Técnico Campeão”. (Foto: Sport Club do Recife)

O técnico do Sub-15 do Sport, Rafael Santigo, viveu um momento especial em sua carreira nesta quarta-feira (11). Sob o seu comando, a garotada rubro-negra trouxe para o Recife o título inédito da Copa 2 de Julho, uma das competições mais relevantes da categoria no país – que conta com equipes do Brasil e do exterior. Aos 30 anos, Rafael comemora o feito e projeta atletas mais maduros, chegando ao time profissional com mais qualidade. O comandante do Sub-15 do Leão foi premiado pela organização da Copa 2 de Julho com o troféu de Técnico Campeão.

“Todas as competições de nível nacional têm um peso muito grande para a formação de atletas. Imagina os frutos que o Clube vai colher mais na frente? Tenho a convicção de que atletas mais maduros vestirão a camisa do profissional do Sport, pois os mesmos terão vivido experiências como essa, de serem campeões em nível nacional”, destacou o treinador, que contou o sentimento do Sub-15 – que, apesar do bom desempenho, não conseguiu êxito em competições anteriores.

“Essa geração 2003 já merecia antes ter resultados melhores. Em três competições nacionais desempenhou um futebol de alta qualidade, porém alguns resultados não saíram como queríamos. Ano passado, na Copa Dadazinho, mesmo jogando bem fomos eliminados pelo Atlético-MG, nas quartas de final. Esse ano empatamos três jogos na copa Votorantim, onde caímos no grupo da morte – com Palmeiras (Campeão da competição), Flamengo (finalista) e Grêmio. Na copa Nike pegamos esse mesmo grupo, com o acréscimo de Corinthians e Atlético-MG e mais uma vez fizemos jogos muito bons, porém não conseguimos nossos objetivos. As feridas estavam abertas e o nosso elenco queria dar a volta por cima. E para isso deram tudo e mais um pouco”, relatou.

NO CAMINHO CERTO

Para Rafael Santiago, outras conquistas virão – já que o trabalho tem sido feito com bastante empenho e seriedade. Ele também aproveitou para agradecer a sua comissão e aos dirigentes da Base rubro-negra. “Conquistas sempre são importantes para o clube, atletas e comissão técnica. Competição de nível nacional traz um peso maior, conquista pela qual é a primeira de muitas que virão para a Base do Sport, pois estamos no caminho certo. Quero parabenizar a todos que fazem a Base. A minha comissão, formada por Júlio Lima, Aluízio, Durval, Calixto, Flávio e Marcão, e também agradeço especialmente ao nosso gestor, coronel Genivaldo (Cerqueira) e ao nosso diretor, Geraldo (Campello)”, encerrou.

publicidade
Copa 2 de JulhoRafael SantiagoSportSub-15técnico
Compartilhar Tweetar