Voltar

Adryelson e o equilíbrio dentro e fora das quatro linhas

Zagueiro cria das categorias de base do Sport vive nova fase no Clube e fala um pouco sobre seu perfil

Jovem e vivendo nova fase na carreira, Adryelson gosta de curtir a família (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Formado nas categorias de base do Sport, o zagueiro Adryelson vive um momento de ascendência na equipe rubro-negra. Titular nas últimas quatro partidas do Brasileirão e cotado para estar entre os 11 que iniciam o jogo contra o Ceará, na próxima segunda-feira (5), às 19h, na Ilha do Retiro, pela 32ª rodada do Brasileirão, o jovem de 20 anos encara com entusiasmo e muita dedicação esta fase da carreira. Para continuar trilhando um caminho de sucesso, o equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional é peça fundamental nesta jornada e o fator vida pessoal tem sido um grande aliado do atleta nesse momento.

Adryelson tem total apoio da família em sua carreira, mas antes de integrar a base leonina, o pai o incentivou a seguir outra profissão. “Se eu não fosse jogador, seria policial. Por causa do meu pai, que é policial. Eu seguiria o mesmo rumo dele, que inclusive não queria me deixar vir jogar aqui por causa disso”, contou em entrevista descontraída.

Além da sequência de jogos, o jogador também marcou um dos gols da vitória sobre o Internacional, em sua primeira partida como titular no Campeonato Brasileiro, dando um gostinho ainda mais especial ao momento. Para embalar as comemorações, uma trilha sonora bem específica. “Eu gosto de tudo um pouco, menos de rock. Eu gosto muito do Rodriguinho, as músicas dele são muito legais, sou muito fã dele”, disse.

Fora das quatro linhas, o zagueiro tem um perfil tranquilo, gosta de aproveitar a família e um bom filme. “Gosto bastante de cinema! Faz quase uma semana que não vou ao cinema, o que é um fato inédito porque todos os finais de semana eu costumo ir com minha esposa”, lembra. Nada melhor que a comida feita pela mãe para completar a alegria do jogador. “Eu sou muito nordestino, gosto muito de buchada. Quando eu vou pra minha cidade, minha mãe pergunta logo: ‘Quer buchada?’. ‘Oxe! A senhora ainda pergunta? É Claro!’, acrescentou.

DUELO CONTRA O CEARÁ

Quando o assunto é o Campeonato Brasileiro e o próximo adversário do Sport, Adryelson mantém a firmeza e a concentração na vitória. “Vamos continuar trabalhando muito forte para entrar em campo e conseguir os três pontos mais uma vez. Continuarei entrando confiante no jogo e dando o meu melhor”, reforçou.

publicidade
AdryelsonBrasileirãoCampeonato BrasileiroCearáperfilzagueiro
Compartilhar Tweetar